Calculadora

4 índices mais utilizados para avaliar a inflação

2018 / POR: ACIONISTA.COM.BR

                                   

Conhecer estes índices pode ajudar muito na hora de investir, seja para calcular a rentabilidade ou para usar como dado de avaliação do investimento. Cada índice busca informar algum dado que provavelmente irá indicar algum cenário do desempenho econômico, que afeta diretamente no mercado financeiro.

Estes são chamados índices de preços, usados para avaliar a inflação (o aumento contínuo dos preços da moeda). Deste modo é possível analisar se seu investimento realmente está em linha com a evolução econômica e também para estipular uma rentabilidade mínima necessária e não deixar que seu futuro investimento renda abaixo da inflação.

Matérias de investimentos, veja aqui.

Os índices são:

(1) IGP-DI (Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna): é um índice formado por outros 3 índices; IPA (Índice de Preço por Atacado) que acompanha os preços praticados no mercado de atacado, representa 60% do IGP-DI; IPC (Índice de Preço ao Consumidor) que acompanha a inflação das famílias que ganham de 1(um) a 33(trinta e três) salários mínimos, via pesquisas de preços no mercado varejista (bens e serviços) nos principais centros de consumo do país, representa 30% do índice IGP-DI; e o INCC (Índice Nacional da Construção Civil) que representa 10% do IGP-DI.

(2) IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado) calculado da mesma forma que o IGP-DI porém em outro período (entre 21° dia do mês anterior e o 20° do mês de referência), isso porque instituições financeiras utilizam muito estes índices para suas transações e precisam de um índice de referência no decorrer do mês para atualização de suas taxas.

(3) INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor): tem como objetivo informar a variação de preços (inflação) no que tange às populações assalariadas com baixo rendimento, de 1 a 5 salários mínimos.

(4) IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo): o objetivo é medir a variação dos preços no comércio para o público final, refletindo o custo de vida de famílias com renda mensal de 1 a 40 salários mínimos. Hoje, considerado o índice oficial de inflação do país.

Como investidor e consumidor, é fundamental estar atento nos movimentos para evitar as armadilhas da inflação e para garantir que o seu investimento renda acima desta variação de preço, desta maneira você garante o poder de compra. A poupança é um investimento que constantemente sofre com a inflação que é responsável por corroer muitos investimentos. Há várias opções dentro do Tesouro Direto, Fundos de Investimentos, Letras de Crédito e outras capazes de oferecer rendimentos acima da inflação e considerados de baixo risco. Fique atento às notícias, invista consciente!

Quer saber mais conceitos sobre o mercado financeiro? Siga acompanhando nossa página Entenda o Mercado


Veja mais: