O Portal Acionista.com.br e o IBRI apresentam aos seus usuários e associados um trabalho conjunto que visa apresentar a visão do profissional de relações com investidores sobre vários temas relacionados a sua atividade, tais como relacionamentos com os acionistas e investidores, novas ferramentas de comunicação, aprimoramento profissional, governança corporativa, responsabilidade social, sustentabilidade e muitos outros assuntos que poderão ser acompanhados aqui. 
Periodicamente você conhecerá a opinião dos participantes do debate sobre um tema específico.

Acesse o Índice dos debates anteriores


DEBATE PORTAL ACIONISTA.COM.BR  & IBRI 

Instrução CVM nº 547 - Divulgação de Fatos Relevantes em Portal Eletrônico

Início: 15/04/2014                                                                                                  Última Atualização: 13/05/2014

Considerando a Instrução CVM nº 547, de 05 de fevereiro de 2014, alterando dispositivos relativos à publicação de ato ou fato relevante ocorrido ou relacionado aos seus negócios, bem como zelar por sua ampla e imediata disseminação, simultaneamente em todos os mercados em que tais valores mobiliários sejam admitidos à negociação, pergunta-se:

Participantes:

André Gonçalves

RI da empresa Fibria e conselheiro do IBRI
Geraldo Soares Presidente do Conselho de Administração do IBRI

1. Que benefícios esta instrução proporciona no relacionamento com os investidores?

2. Qual estratégia de comunicação será adotada pela companhia a partir desta instrução?

3. Quais serão os critérios adotados para a escolha do(s) meio(s) eletrônico(s) de divulgação?

4. Há local no website de RI, em que a companhia divulgará os veículos que ela opta para publicação de ato ou fato relevantes e outras publicações?

5. Considerando os altos custos das publicações obrigatórias na mídia impressa, há espaço para sugestão de que outras publicações possam ter este mesmo tratamento no futuro pela CVM, isto é, sejam publicadas somente em meios eletrônicos? Quais?

Resposta das próximas perguntas, nas semanas seguintes.

1. Que benefícios esta instrução proporciona no relacionamento com os investidores?

André Gonçalves

As companhias passam a se adequar a uma demanda latente dos investidores, que é o acesso mais rápido às informações relevantes divulgadas pelas Companhias, fundamental para o processo de tomada de decisão de investimento, considerando a demanda por decisões mais rápidas e assertivas na alocação de recursos.

Geraldo Soares

Em primeiro lugar, parabenizamos a CVM (Comissão de Valores Mobiliários) por dar mais esse passo na democratização e acessibilidade de informações para todos os agentes do mercado de capitais brasileiro.

Estamos em um mundo cada vez mais conectado, e é importante que as informações que circulam no mercado também estejam sendo acessadas nesse novo ambiente. Evidente que é necessário controle e regras, o que a CVM estabeleceu de forma adequada e inteligente.

A possibilidade de divulgar um fato relevante em canais digitais amplifica o potencial de disseminação de dados, além de facilitar o acesso a informações pelo investidor.

2. Qual estratégia de comunicação será adotada pela companhia a partir desta instrução?

André Gonçalves

Após avaliação interna, a Companhia optou por fazer suas publicações de Fatos Relevantes pelo meio eletrônico por ser uma alternativa de acesso amplamente utilizada pelos analistas e investidores, além de significar uma fonte de redução de custos.

Geraldo Soares

Paulatinamente as companhias adotarão os Portais de Notícias, migrando para essa nova plataforma eletrônica. Com isso, há uma queda do custo para ser uma empresa aberta no Brasil. Não é substancial, mas reduz; sinalizando uma tendência que a atual administração da CVM tem de contribuir para diminuição do famoso "custo Brasil".

3. Quais serão os critérios adotados para a escolha do(s) meio(s) eletrônico(s) de divulgação?

André Gonçalves

Qualidade e reconhecimento pelo mercado do canal escolhido, garantia e nível de disseminação das informações e custos para publicação.

Geraldo Soares

Sugerimos que as companhias analisem a audiência do Portal e verifiquem a existência do "wire", que é um sistema de distribuição das informações para a mídia e pessoas físicas/jurídicas cadastradas. Nos Estados Unidos, o "wire" é o sistema conceituado como de total transparência, cumprindo assim o exigido legalmente naquele país.

4. Há local no website de RI, em que a companhia divulgará os veículos que ela opta para publicação de ato ou fato relevantes e outras publicações?

André Gonçalves

A companhia fará "Comunicado ao Mercado" ou "Aviso aos Acionistas", a ser disponibilizado na CVM, jornais impressos que eram utilizados para publicação dos Fatos Relevantes antes da migração para o meio eletrônico e website de Relações com Investidores da Companhia, na sessão "Comunicados ao Mercado" ou "Aviso aos Acionistas".

Geraldo Soares

Deveria, mas o fundamental é que companhia informe - no Formulário Cadastral e na Política de Divulgação - o Portal de Notícias que utilizará.

5. Considerando os altos custos das publicações obrigatórias na mídia impressa, há espaço para sugestão de que outras publicações possam ter este mesmo tratamento no futuro pela CVM, isto é, sejam publicadas somente em meios eletrônicos? Quais?

André Gonçalves

Entendemos que esta mudança já sinaliza a relevância do canal eletrônico como opção de acesso à informação pelos analistas e investidores, e portanto deverá ser considerada como evolução natural para a comunicação das Companhias com o mercado.

Geraldo Soares

Penso que é alta a despesa que as companhias abertas têm com obrigatoriedade de publicar nos Diários Oficiais. A redução desse "custo Brasil" depende de decisão do Congresso Nacional.

Voltar ao Início
Acesse abaixo os debates anteriores:
1. Acionista mais participativo
2. Votos nas Assembléias
3. Governança Corporativa
4. Profissionais de RI
5. 9º Encontro Nacional de RI: Atualização, mudanças, globalização
6. Segmentação da base de acionistas
7. A importância do site de RI e da Internet na ação dos Profissionais de RI
8. O papel da Imprensa no relacionamento do Investidor com a Companhia
9. A Crescente Complexidade das funções de R.I. e os Desafios dos Executivos da Área
10. Assembléias on-line, entraves e benefícios
11. A Implantação das IFRS no Brasil
12. Relações com Investidores em momentos de crise
13. Perspectivas em RI para 2009
14. IFRS na Prática
15. A Auto-Regulação e o CODIM
16. Destaques do 11º Encontro Nacional de RI e Mercado de Capitais
17.Sustentabilidade
18. Atendimento ao Investidor Individual
19. Apresentação de Resultados para Investidores e Analistas
20. O Desafio da Educação Financeira
21.Formulário de Referência
22.Bovespa em baixa significa companhias em crise?
23.Período de silêncio pré IPO - Mídia
24.10 anos de Novo Mercado de Governança Corporativa
25.Premiações a área de relações com investidores e governança corporativa
26.Código de Conduta no Site RI
    Voltar ao Início    
Você também pode sugerir temas para nossos debates pelo e-mail redação@acionista.com.br