*Clique nas abas e saiba mais.

Fundo de investimento criado para constituir um programa de complementação de aposentadoria, com incentivo fiscal de 12% de desconto sobre a renda bruta anual, na declaração de ajuste (imposto de renda da pessoa física).

Operado como fundo de investimento com objetivo de poupança de longo prazo, sem garantia de rendimento mínimo.

Não deve ser confundido com Fundo de Previdência.

Conjunto dos recursos originados pela acumulação através de planos de previdência complementar, abertos ou fechados.

Sistema de complemento das aposentadorias do serviço público recebidas por trabalhadores, desde que eles tenham contribuído para esta modalidade de previdência.

No caso das entidades fechadas de previdência complementar, os chamados fundos de pensão, a adesão só ocorre para aqueles que têm vínculo empregatício com a empresa que patrocina o fundo.

Estas entidades são controladas pelo Conselho de Gestão da Previdência Complementar - CGPC, órgão colegiado, normativo, de deliberação, coordenação, controle e avaliação da política nacional das entidades fechadas de previdência privada, integrante da estrutura regimental do Ministério da Previdência Social.

Fundo de previdência privada que não garante rendimento mínimo ao participante.

Repasse dos rendimentos é integral, depois de deduzidos todos os custos.

Contribuições, até o limite de 12% da renda bruta, podem ser deduzidas do imposto de renda a pagar. No momento do saque incide imposto de renda sobre o valor total do resgate.

Principais tipos de PGBL:

a) Composto: que aplica em títulos públicos federais e outros de renda fixa, e até 49% em renda variável;

b) Renda Fixa: que aplica em títulos públicos federais e outros de renda fixa;

c) Soberano: que aplica em títulos públicos federais.

Produto de acumulação de renda atrelado ao PGBL - Plano Gerador de Benefício Livre - que garante reposição da inflação, mais uma taxa de juro pré-determinada, mais eventuais repasses de excedentes financeiros.

Os recursos aplicados são corrigidos por um índice de inflação definido em contrato.

O produto é indicado para quem declara renda pelo modelo completo, pois permite a dedução do montante investido da base de cálculo do IR até o limite de 12% da renda bruta anual.

Produto de acumulação de renda atrelado ao PGBL - Plano Gerador de Benefício Livre - que garante reposição da inflação, mais uma taxa de juro pré-determinada, mais eventuais repasses de excedentes financeiros.

Remunera não só pelo índice de inflação escolhido, mas também garante o pagamento de uma taxa de juros até o limite de 6% ao ano.

Opção para quem declara IR pelo formulário completo.

Plano de previdência complementar, com diferentes alternativas de objetivos de investimento, além de um seguro de vida em grupo.

Tributação do Imposto de Renda incide apenas sobre os rendimentos obtidos com as aplicações, e apenas quando do recebimento dos benefícios.

Não há tributação durante o período de acumulação de recursos.

Principais diferenças entre PGBL e VGBL
PGBL VGBL
Objetivo Formação de fundo de investimento que garantirá aposentadoria complementar Plano de previdência privada que oferece cobertura para morte e invalidez, além de permitir resgate dos valores aplicados
Benefício Fiscal Incide sobre recebimento do benefício Não tem
Imposto de Renda 12% da renda bruta no ano, sobre as contribuições pagas Incide sobre os rendimentos. Este imposto será cobrado pela tabela regressiva da Receita Federal
Garantia de Lucratividade Mínima Não tem.
Rendimento integral é repassado ao participante.
Não tem.
Rendimento integral é repassado ao participante
Remuneração do Administrador Entre 1 e 4% ao ano do valor de cada aplicação e, incide sobre o saldo, de forma proporcional todos os dias Entre 1 e 4% ao ano do valor de cada aplicação e, incide sobre o saldo, de forma proporcional todos os dias
Resgate Pode ser a cada 60 dias.Optante pode sacar de uma só vez ou transformar em renda mensal Primeiro resgate entre 60 dias e 24 meses. Depois, pode retirar a cada 60 dias
Taxa de Carregamento Até 5% sobre as contribuições Até 5% sobre as contribuições
Público Alvo Pessoas físicas que declaram IR no formulário completo 1) Pessoas físicas que declaram IR no formulário simplificado, ou isentas.
2) Investidores que desejam fazer aplicações a longo prazo
3) Investidores que já se utilizaram de um PGBL

Ranking Global de Recursos Administrados em Fundos de Investimento por Administrador

Ranking de Gestão