Cheque

Banco Central muda a compensação dos cheques

29 NOV, 2017 / POR: ACIONISTA.COM.BR

                                   

O Banco Central editou a circular nº 3.859/2017, em 27/11/2017 que altera a compensação de cheques. Antes, de acordo com o valor, o cheque era compensado em 1 ou 2 dias.

Os bancos tem o prazo de 180 dias para adequação à mudança.

Como era:

Até R$ 299,00: Em 2 dias úteis, em sessão diurna e liquidado no STR - Sistema de Transferência de Reservas.

De R$ 300,00 até R$ 250 mil: 01 dia útil, sessão noturna liquidado no STR - Sistema de Transferência de Reservas.

A partir de R$ 250 mil: Liquidado bilateralmente entre as duas instituições financeiras.

Como fica:

Compensação de cheques

Independente do valor, o cheque será compensado em 01 dia útil, em sessão única, liquidados no STR - Sistema de Transferência de Reservas, com a liberação de recursos na noite desse mesmo dia.

A mudança para uma única compensação foi possível porque a quantidade de cheques em circulação diminuiu e a capacidade tecnológica para o processamento aumentou. Segundo informações do BC, em 1997 foram processados quase 3 bilhões de cheques enquanto nos últimos 12 meses chegou a pouco mais de 500 milhões. A queda aconteceu, porque muitas pessoas optam por transferências bancárias via internet, ou pagamentos via cartão de débito/crédito.

Flávio Tulio Vilela, chefe do Departamento de Operações Bancárias e de Sistema de Pagamento do BC disse que essa mudança ocorreu visando a unificação da compensação, a qual permitirá ganhos de eficiência e redução de custos operacionais e financeiros. O Banco Central desta forma aprimora os vários instrumentos de pagamento tornando-os mais seguros e eficazes para o usuário.