governo-moeda

Entenda o porquê o governo controla a moeda

26 OUT, 2018 / POR: ACIONISTACOMBR

                                   

Acompanhar os movimentos da moeda, em nosso caso o Real, colabora para escolher os melhores investimentos e entender alguns porquês com relação aos preços que oscilam constantemente em nosso dia a dia.

Já se sabe que a economia não para e inúmeros eventos são capazes de provocar oscilações no preço do Real (R$). Porém o equilíbrio no nível dos preços é fundamental para um bom desempenho da economia e é neste momento que entra o governo, via Banco Central do Brasil, responsável por controlar a variação dos níveis de preço, utilizando políticas econômicas para controlar a disponibilidade da moeda para a população.

Mas de onde vem o desequilíbrio da moeda?

Somos independentes! E isso nos torna capazes de tomar diferentes decisões, que no final pressiona ou impulsiona o preço de algum determinado bem ou serviço desejado ou que se deseja oferecer (conhecido como oferta e demanda).

Ou seja, se muitos querem um mesmo serviço ou produto e este não possa ser atendido, os preços irão sofrer tal pressão em seus níveis que poderá inflacionar. Que seria a elevação do preço do produto ou serviço, gerando perda do poder aquisitivo da moeda e do consumidor, pois o consumidor terá que pagar mais pela mesma coisa.


Entenda o Mercado - Conheça os investimentos, conceitos e muito mais...


Também há o movimento de deflação, este ocorre quando há muitos produtos disponíveis para venda, levando o vendedor a reduzir o preço para conseguir vender o produto, gerando elevação do poder de compra do consumidor, pois para comprar a mesma coisa ele precisará de uma menor quantidade de dinheiro

No caso da inflação o consumidor entra em perigo, pois sua capacidade de compra pode cada vez diminuir; por outro lado, na deflação quem entra em risco é o produtor, pois com seu lucro cada vez menor poderá chegar a falência.

O equilíbrio é o essencial para que tudo funcione corretamente, por este motivo o governo quando necessário toma medidas para tentar controlar a moeda. No caso para conter a inflação pode-se aumentar juros, aumenta depósito compulsório e ofertar menos créditos. Por outro lado, uma medida de estímulo na economia é reduzir taxa de juros, pois com mais dinheiro no mercado empresas e população terão mais poder de compra aumentando possibilidades de expandir, diversificar investimentos e crescer.



Veja Mais: