Alpargatas, da JBS, desiste de plano para melhorar governança corporativa

24 MAI, 2017 / POR: GUSTAVO KAHIL/MONEY TIMES -

A Alpargatas, empresa da JBS, anunciou nesta terça-feira (23) que desistiu de continuar com o seu plano de unificar as classes de ações e migrar para o Novo Mercado da B3, o nível mais elevado de governança corporativa da B3, mostra um comunicado enviado ao mercado.

Além disso, a companhia informou que recebeu o pedido de renúncia dos membros do conselho de administração Vincent Trius e Joesley Mendonça Batista, e do suplente Eliseo Santiago Perez Fernandes. Fernandes foi alçado ao cargo de membro efetivo do Conselho.

O conselheiro José Vicente Marino foi eleito presidente do Conselho de Administração da Companhia. "A Alpargatas voltará ao mercado, em momento oportuno, para convocar Assembleia Geral Extraordinária para eleição dos cargos vagos em seu Conselho de Administração", diz a empresa.

Novo Mercado

Em relatório publicado no final de abril, o Itaú BBA alertava que, embora a melhoria da governança fosse positiva, o prêmio sobre as ações ON incorporadas no índice de conversão proposto (1,3 preferencial para 1 ordinária) "pode ser visto como excessivo", disse o analista Tiago Binsfeld em um relatório.

O banco afirmava que a proposta feita pelo controlador "parece cara".