Consulado Geral de Portugal

Empresas nacionais e portuguesas trabalham juntas para atender público brasileiro

23 OUT, 2018 / POR: ALINE PRADO RODRIGUES/GUERATTO PRESS

                                   

Tentando corresponder à demanda de brasileiros migrantes para território português, empresas dos dois países se unem.


O cenário político e econômico brasileiro vem desencorajando os empreendedores a manterem-se no Brasil. Os negócios estão encontrando cada vez mais desafios e dificuldades devido à instabilidade macroeconômica. Em resposta a isso eles têm buscado negócios em outros países, como Estados Unidos e Portugal, este último, território dito pelos brasileiros como mais seguro e tranquilo, com melhores oportunidades e qualidade de vida para os migrantes.

"Além da possibilidade de trabalhar em Portugal, outra coisa que chama a atenção é viajar livremente para qualquer um dos 26 Países do Espaço Schengen. Essa opção é uma das principais regalias procuradas por estes cidadãos", coloca Sérgio Bessa, Coordenador da Réplica Real Estate, imobiliária portuguesa.

Para que a migração ocorra de forma legal é necessário ter documentos específicos. A mais comum é a iniciação num processo de Golden Visa, no qual o indivíduo faz uma aquisição de imóveis num valor mínimo de € 350 mil, dando acesso ao cartão de residência por cinco anos, sendo concedida a nacionalidade portuguesa após esse período.

"Todo esse processo de acompanhamento do cliente precisa ser assessorado por um operador de câmbio para enviar a remessa do valor necessário para a Europa, executar a transação comercial e acompanhar a aprovação do Banco Central brasileiro", explica Fernando Bergallo, Diretor de Câmbio da FB Capital.

Para atender esta demanda cada vez mais crescente, a FB Capital acaba de fechar uma parceria com a Réplica Real State.

"Agora temos como cuidar de absolutamente tudo para os nossos clientes. Desde o sonho de morar em Portugal, até a compra de um imóvel e a futura cidadania", ressalta Bergallo.

A burocracia para viver em Portugal não é complicada. Porém, recentemente os consulados portugueses das cidades de São Paulo e Santos anunciaram a suspensão temporária do recebimento de pedidos de nacionalidade, devido ao excesso de pedidos em um mesmo período de tempo. Isso impede e atrasa os planejamentos de empreendedores interessados em novos negócios em território português.

Gueratto Press


Veja Mais: