Pesquisa inédita: 82% dos investidores acham a condenação de Lula positiva

18 JUL, 2017 / POR: AndrÉ Bona

                          

“A decisão do juiz fez com que as incertezas no cenário político e econômico do país aumentassem ainda mais”, afirma André Bona, Educador Financeiro do Blog de Valor

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), foi condenado pelo juiz Sérgio Moro, a 9 anos e 6 meses de prisão pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção passiva. A acusação de ocultação de uma propriedade, que seria a cobertura do tríplex no Guarujá, litoral paulista, teria sido paga pela construtora OAS como propina, em troca de favores na Petrobras. “A decisão do juiz fez com que as incertezas no cenário político e econômico do país aumentassem ainda mais. O investidor nacional e internacional, trabalha com expectativa para poder direcionar seus investimentos. O presente importa, mas eles visam principalmente o futuro”, ressalta André Bona, Educador Financeiro do Blog de Valor.

Uma pesquisa inédita realizada pelo Blog de Valor, com 519 investidores, mostrou que, 82% dos entrevistados acharam a condenação do ex-presidente Lula, positiva. Apenas 18% não concordaram. “Podemos observar que os investidores estão otimistas com a notícia. A condenação do ex-presidente é positiva para o mercado e também para o próprio Governo Temer. A decisão trouxe o valor do câmbio para baixo e uma forte alta na Bovespa. Fato positivo para fortalecer a atual gestão e também mostrar confiança nas investigações aos investidores estrangeiros”, analisa Bona.

Entretanto, quando a questão analisa uma possível prisão do ex-presidente Lula, questionando seu efeito positivo ou negativo em relação aos investimentos, o otimismo permanece. Para os 75% dos investidores participantes da pesquisa, foi considerado que uma eventual prisão de Lula, poderá ser positiva para os investimentos dos entrevistados. Porém, para 25% dos entrevistados o ocorrido pode prejudicar a rentabilidade. “Ficou claro nos números que a prisão soaria mais forte e poderia impactar ainda mais os investimentos, como uma queda muito mais forte do dólar ou uma alta forte da bolsa de valores. Porém, é certo de que as condenações já trouxeram uma positividade ao mercado. ", conclui o Educador Financeiro.