Crescimento econômico ou intervenções na economia?

6 motivos que fizeram o dólar subir

17 SET, 2018 / POR: ACIONISTA.COM.BR

                                   

Cada dia que passa se torna mais importante estar atento às notícias do mercado financeiro, pois hoje com eleições chegando é difícil prever algum futuro ou números definidos para os investimentos a partir de 2019.

Será que o crescimento econômico é o que nos aguarda daqui pra frente ou será que teremos que enfrentar mais momentos com intervenções na economia para conter crise e por consequência conter crescimento?

Situações que dificultam para o investidor saber onde se posicionar. Analistas, neste cenário, sinalizam como melhor ideia à proteção, os investimentos pós fixados normalmente atrelado a algum indexador (IPCA por exemplo), mas também para aqueles mais ousados é em momentos de crise que aparecem as oportunidades (comprar na baixa e vender na alta, mas será que é o melhor? pelos movimentos, percebe-se a retirada de recursos dos ativos de risco).

A alta do dólar tocou um nível histórico de R$ 4,20 chegando ao maior valor do Plano Real.


Os motivos para esse movimento são:

(1) Cenário eleitoral cada dia mais intenso, que assusta o investidor diante de indefinições na corrida pela presidência; onde pesquisas frustram com seus números e propostas de candidatos sem convencer o mercado para movimentos otimistas;

(2) Política do governo norte-americano em subir taxas de juros fortalecendo o dólar;

(3) A crise das moedas emergentes (Argentina com desvalorização de 106%, Turquia, 70%, Rússia e Africa do Sul também com desvalorização de 21% da moeda em relação ao dólar) acaba afetando o Brasil;

(4) Guerra comercial dos EUA com China e demais países via imposição de novas tarifas;

(5) Fraqueza econômica mundial se reflete nas grandes potencias, que começam a tomar decisões para reduzir estímulos econômicos e subir suas taxas de juros, enfraquecendo por efeito de contaminação os mercado emergentes;

(6) Os investidores que aproveitam o momento de volatilidade para especular com a moeda.


Motivos que fazem o investidor tirar dinheiro de nossa economia devido o alto grau de risco do momento e investir em outros locais que apresentam maior segurança, diante do receio sobre o futuro de nosso país. O Brasil se encontra em uma situação econômica propícia para o crescimento, mas que precisa ser gerida por pessoas qualificadas. O mercado costuma escolher seus candidatos preferidos que, normalmente, são aqueles que pensam no controle fiscal e na saúde econômica do país, pois entendem que deste modo o país cresce e consequentemente o bem estar social também.

Independente de quem for eleito, desejamos e torcemos para que este faça o melhor para o nosso povo e nosso país; e quanto aos investimento, sempre haverá oportunidades e aquele mais adequado para o momento, só é preciso atentar-se e estar bem informado.