Indicadores de Mercado 2016




Índice de Indicadores de Mercado 2015


O Portal Acionista apresenta, semanalmente, tabela atualizada da evolução do Ibovespa, do volume diário de negócio, da cotação do dólar comercial americano e do Risco Brasil com breve comentário sobre as variações ocorridas no período. O gráfico representa a variação relativa dos respectivos índices, tendo como base os índices do dia 28/12/2006 para a série de indicadores relativos ao período 2007/2016.



Fonte: Bovespa, BCB, JPMorgan, Imprensa



Acesse aqui a tabela fonte dos gráficos


Variação Percentual dos Indicadores do Mercado
Período Ibovespa US$ Risco Brasil
12 Meses 38,94 (16,4) (20,5)
Ano 38,94 (17,7) (37,0)
Mês (2,71) (4,30) (3,6)
Semana 3,95 (0,61) 0,00




Semana de 26 a 30/12/2016


Evolução de Indicadores Econômicos


Carlos Dix Silveira / Economista


Dólar - A pesquisa Focus alterou a previsão da taxa do dólar do final do ano de R$ 3,38 para R$ 3,37. Para 2017 a taxa foi alterada de R$ 3,49 para R$ 3,50. O dólar à vista fechou o movimento de quinta-feira (29) cotado a R$ 3,250 com queda de 0,61% na semana e de 4,30% no acumulado do mês. O dólar à vista teve uma queda de 17,7% em 2016. Sua cotação deve ficar por algum tempo ainda levemente instável. São muitas as dúvidas que o cenário internacional suscita, entre elas: política econômica do presidente Trump, o complicado desfecho do Brexit, as complicações da economia chinesa, as disputas internas na eurozona, além da nossa complicada situação política e econômica. O sucesso das medidas relativas ao ajuste fiscal é fator determinante da recuperação do crescimento e da estabilização cambial.










Bolsa - O Ibovespa, principal índice da bolsa fechou o pregão de quinta-feira (29) aos 60.227 pontos, com alta de 3,95% na semana e queda de 2,71% no mês. Acumula alta de 38,94% nos últimos doze meses. O giro financeiro médio diário da última e curta semana do ano foi de R$ 3,612 bilhões, baixo em razão dos feriados de fim de ano. O governo nas últimas semanas tem feito movimentos no sentido de reativar a economia, fato percebido pelo mercado como muito positivo, segundo analistas.







Petróleo & Petrobras - O preço médio do barril de petróleo Brent na última semana do ano chegou a US$ 55,94. O petróleo Brent fechou movimento de sexta-feira cotado a US$ 56,59 com alta de 12,17% no mês e de 54,49 % no ano. O petróleo WTI, por sua vez, encerrou cotado a US$ 54,06, em alta de 10,21% no mês e de 47,70% no ano. A tendência do preço do petróleo é de alta no longo prazo em razão das ações da OPEP de reduzir a produção apesar do crescimento da extração do óleo de xisto americano e dos países não pertencentes aquela organização.
As ações PETR3 ON fecharam a última semana do ano em R$16,94, com queda de 8,28% no mês e alta de 97,67% no ano. As ações PETR4 PN 04 cotadas a R$ 14,87 apresentam queda de 7,08% no mês e alta de 121,94% no ano. A direção da empresa continua focada no projeto de desinvestimento a fim de reduzir seu enorme endividamento.


*Última atualização em: 02/01/2017

Advertência